"Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino." Paulo Freire
RSS
Queridos amigos!
Depois de um longo tempo ausente, achei um tempinho para postar uma novidade...o lançamento do 1° jornalzinho do IAPI.
Tenho certeza de que este foi o primeiro de muitos que virão, para trazer temas importantes, divertidos, pulsantes e curiosos sobre um lugar que tem muitas histórias prá contar e relembrar!
Ficaram interessados? Então não deixem de dar uma espiada neste link: 
https://www.facebook.com/groups/539262276131742/ 
Abraços. 0 comentários

DR50 video comunicação - TOURISTIC PORTO ALEGRE 2010...prá Inglês ver...

0 comentários
QUAL A CARA DO IAPI ? NÃO COMBINA COM O LIXO QUE VEJO POR AÍ...
Estou contruíndo um novo projeto, desta vez, para garimpar parceiros para poder resolver um problemão que me deixa muitíssimo angustiada...o lixo pelas ruas de nossa comunidade.

Quem quiser fazer parte desta batalha ou tiver ideias, para juntos encontrarmos soluções para este problema basta ser meu seguidor. Vamos lá, pessoal?
Estou com a "caraminhola" fervendo...hahahaha!
Aguardo vocês!
5 comentários
CONSIDERAÇÕES FINAIS SOBRE O PROJETO DE PESQUISA
Este projeto foi elaborado para atender a uma solicitação de minha professora Chris Alves,na disciplina Laboratório de Pesquisa II, na qualidade de acadêmica do curso de Pedagogia na Universidade Católica de Brasília –UCB Virtual, cuja finalidade era de pesquisar sobre a minha comunidade, o IAPI e perceber de que forma a comunidade escolar tem se envolvido nos problemas decorrentes a ela.
Desvendar sua história, seus mitos,reivindicações, constatações e ações de seus moradores, enquanto cidadãos onipresentes e colaboradores na trajetória de construção, preservação, caracterização e descaracterização, deste lugar, que é considerado Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental de Porto Alegre.
Também, foi possível investigar sobre as conquistas, os problemas e as reivindicações feitas e enfrentadas pelos moradores, assim como, as histórias de vida e preferências tanto de alguns adultos como de algumas crianças. Através da colaboração dos responsáveis de alguns locais e áreas freqüentadas e disponibilizadas a seus moradores, como: Escolas, Biblioteca, Delegacia, Igreja, Associação Comunitária, praças, o Parque Alim Pedro, etc., este projeto pôde ser realizado com sucesso.
Gostaria de salientar que não foi possível obter informações de todas as instituições e de almgumas crianças devido a incompatibilidade de horários.

Opiniões e constatações pontuais feitas por alguns moradores:

“Acho que este bairro é ótimo. Adoro o Parque Alim Pedro e tudo que ele oferece aos seus moradores”.Acho que o que falta aqui é mais policiamento e conscientização das pessoas quanto a limpeza e preservação das ruas e do meio ambiente, porém, acho que se tiver mais tempo conseguirei conversar com os moradores para conscientizá-los.” Suely Fernandes Neves

“Adoro este bairro e suas ruas arborizadas. Não me mudo daqui por nada.” Ilda Borghetti

“O IAPI será sempre um lugar cheio de saudades.
Infelizmente a ganância de uns moradores e a omissão de outros, estão descaracterizando a nossa Vila. Gosto muito de morar aqui, não sei se me adaptaria em outro local. É triste ver muitos prédios e casas entregues ao abandono.
O IAPI é um lugar privilegiado, têm supermercados, shopping, farmácias, posto de saúde, hospitais próximos, ônibus, lotação, delegacia de polícia, biblioteca, etc.
Tenho saudades de tudo, da minha infância, dos meus amigos, dos lugares onde andei, do carnaval de rua, do cinema na rua.
Saudades da pureza, da simplicidade, das coisas que realmente faziam sentido.
“Mas, hoje como em todo lugar, também tem assaltos, arrombamentos, roubos, brigas etc., mesmo assim... IAPI, te amo”!!! Eva Maris

“Acha positivo “A Prefeitura está limpando as ruas de 15 em 15 dias; adoro morar aqui porque tem de tudo perto, como: supermercado, lojas, etc. Já de negativo “ a falta de segurança para os moradores, pois há muito assalto em qualquer hora do dia”. Carmem Walter

“Adoro morar aqui porque tem igreja perto de minha casa, os vizinhos são ótimos, tem supermercado e a escola dos meus filhos e neto é muito boa.” Luiza Walter

“Sou morador do bairro há 49 anos e o que observo é que: algumas ruas alagam; falta mais policiamento; a falta de garagens para todos os moradores faz com alguns tenham que alugar outro lugar para deixarem seus carros e, às vezes, os deixam na rua; o quê, não é uma opção segura. Também percebo que o patrimônio histórico está sendo alterado, pois, alguns prédios e casas estão sendo reformados. Outro aspecto é a questão do lixo que fica espalhado pelas ruas, porque falta respeito pelo espaço público e pela natureza”. Paulo Roberto de Oliveira

O relato e as atividades das crianças serão percebidos em vídeo...

video


video

Conclusão:

Com o desenvolvimento deste trabalho, além de aprender e conhecer mais sobre a realidade e a história de minha comunidade, pude sentir de perto suas reais características, os conflitos e angústias de seus moradores, em relação a conservação patrimonial, a preservação ambiental e os espaços de lazer oferecidos a todos.
Tendo em vista os problemas enfrentados por minha comunidade e através de relatos de alguns de seus moradores pretendo, com a realização deste projeto buscar caminhos para que todas as pessoas que residem aqui voltem a sentir orgulho deste que foi um dia exemplo de um lugar ideal para se viver.
Foi possível constatar que é preciso que haja uma conscientização e o compromisso por parte de todos, como também, dizer que saí desta experiência com a convicção e a esperança de que é possível fazer algo para mudar esta realidade.
Basta acreditar nos meus propósitos, e, fazer destes, estratégias e práticas educativas de qualidade para todos que se mostrarem interessados e disponíveis.
Gostaria de agradecer às pessoas que colaboraram, se mostraram envolvidas e que fizeram com que este projeto se concretizasse com êxito, como a professora do Parque Alim Pedro, Solange Furlanetto, as pessoas que enriqueceram meu trabalho com suas opiniões e relatos, ao menino Leonardo e especialmente a professora Chris Alves que não mediu esforços para me orientar e dar incentivo durante todo o processo de construção de minha pesquisa.
Às crianças e pelas crianças podemos depositar sentimentos e conceitos de solidariedade, respeito e amor pelo meio ambiente e pelo lugar que ocupam, pois, elas são e serão o reflexo de que suas atitudes são capazes de transformar o mundo.
Como educadora acredito ter sido esta, uma oportunidade de aprendizado muito valiosa que, com certeza, enriqueceram minha vida pessoal, profissional e como cidadã pertencente à esta comunidade.
3 comentários
PROJETO DE PESQUISA SOBRE O IAPI

TÍTULO: “O IAPI ATRAVÉS DOS OLHOS DAS CRIANÇAS”


DELIMITAÇÃO DO TEMA:

Minha intenção neste projeto é de investigar junto aos moradores da Vila do IAPI, informações referentes ao sentimento que estes têm sobre o lugar onde residem, os espaços que freqüentam, trabalham, se divertem e convivem com a família.
Também, indagarei quanto aos problemas que eles percebem que surgiram com o tempo, as dificuldades que encontram para resolvê-los enquanto cidadãos e membros de uma comunidade. Buscarei, através de relatos, de alguns de seus moradores, tanto adultos como crianças, caminhos para que todas as pessoas que residem aqui voltem a sentir orgulho deste que foi um dia exemplo de um lugar ideal para se viver.
Mais detalhes sobre o IAPI podem ser encontrados junto às demais postagens de meu blog.

JUSTIFICATIVA:

A escolha deste tema foi baseada em situações observadas no dia- a- dia das pessoas da comunidade, suas críticas e elogios em relação ao espaço urbano e cultural ao qual pertencem.
Acredito que desenvolver com as crianças propostas que as sensibilizem quanto ao cuidado que devem ter com o ambiente onde vivem, ao bem que farão pelo planeta, assim como o patrimônio histórico construído, será o melhor caminho para procurar conscientizá-las e torná-las cidadãs mais críticas.
Tendo em vista os espaços que a comunidade disponibiliza aos seus moradores e também o quanto as pessoas buscam estes lugares como forma de lazer e cultura pude constatar ser este, um meio viável para concretizar minha pesquisa.

DELIMITAÇÃO E ENUNCIADO DO PROBLEMA:

- O que as pessoas pensam e sentem em relação aos problemas existentes e quais as proposições de melhorias/mudanças são apresentadas?

- Como as crianças moradoras do IAPI percebem a importância dos diversos segmentos que compõe seu bairro?


FORMULAÇÃO DE HIPÓTESES:

A partir dos dados coletados junto ao Parque Alim Pedro, e da Biblioteca Professor Romano Reif, assim como das pessoas entrevistadas será possível realizar propostas no intuito de amenizar os problemas que angustiam os moradores desta comunidade.
Instigar as crianças de um modo geral poderá contribuir para que busquem soluções para os problemas ocasionados ou não pelas pessoas da comunidade ou até de visitantes que circulam por ela.
Desenvolver um trabalho lúdico e dialógico com crianças tem a intenção de munir aos sujeitos, a capacidade de reconhecer a realidade, de criticá-la e de transformar a sua realidade. É nesse sentido que discorre Paulo Freire (1987, pg. 83), afirmando que “somente o diálogo, que implica um pensar crítico, é capaz, também, de gerá-lo”. (Freire, 1983)
Através de sugestões, plantio de mudas de árvores e construção de materiais para serem visualizados pela comunidade, para alertá-las quanto às consequências de seus atos e o quanto que poderão prejudicar o espaço onde habitam.

OBJETIVOS:

Geral:

Despertar nas crianças noções de cidadania através do conhecimento do seu território e envolvimento social, no sentido de tornar a experiência vivida algo significativo e prazeroso para sua vida.

Específicos:

Promover reflexão aos moradores visando a conscientização da realidade de preservação do meio ambiente,bem como dos equipamentos e espaços públicos e de lazer;
Proporcionar às crianças, uma visão da realidade social, ambiental e patrimonial do Bairro que residem( VIla do IAPI);
Aguçar a criatividade e o senso de responsabilidade em relação ao espaço que ocupam em sua comunidade fortalecendo, assim, o sentimento de pertencimento ao Bairro.

DEFINIÇÃO DA METODOLOGIA:

A proposta de trabalho será desenvolvida a partir de entrevistas semi-estruturadas feitas às crianças em suas casas ou no local onde costumam freqüentar em sua comunidade, como parque e/ou biblioteca. Para isso, será utilizada uma filmadora, as crianças e a entrevistadora.
Segundo Minayo, esta técnica permitirá “enunciar de forma mais abrangente possível as questões que o pesquisador quer abordar no campo, a partir de suas hipóteses ou pressupostos, advindos, obviamente, da definição do objeto de investigação” ( 1994b: 121)
Após a análise das colocações das crianças será feito um levantamento das principais ideias, e sugestões propostas, para com isso, elaborar atividades para as mesmas.
Após a coleta de dados será proposto às crianças uma atividade, elaborada de forma conjunta, com a intenção de alertar os moradores da comunidade, quanto aos cuidados e preservação que devem ter com o espaço que ocupam e como forma de respeito ao patrimônio histórico, social e ambiental.
Minayo (1994:26) descreve a análise de dados como sendo “a fase que nos conduz à teorização sobre os dados, produzindo o confronto entre a abordagem teórica anterior e o que a investigação de campo aporta de singular com contribuição”

CRONOGRAMA:

Em primeiro lugar será feita uma investigação dos locais onde as crianças costumam freqüentar na comunidade, tanto no aspecto recreativo como cultural. Para isso será necessário dois dias de observação.
Após será estabelecido dia e local para que sejam feitas as entrevistas. Será necessário um dia de pesquisa.
A entrevista e a filmagem serão realizadas em um dia, pois as crianças serão reunidas para que possam respondê-las com naturalidade e espontaneidade no local onde residem.
Será posteriormente, montado um vídeo com as falas das crianças. Para isso, haverá a necessidade de mais um dia.
Para culminar estas atividades, as crianças serão convidadas à plantar algumas plantas e, se possível, no mesmo dia pintar placas alusivas aos cuidados e a preservação das pessoas para com este espaço, ou seja, o Parque Alim Pedro, local freqüentado por todos. Será utilizado um dia ou dois para a realização desta atividade.

CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES:

DIA

ATIVIDADES

9/11

Observação

10/11

Observação

11/11

Escolha do Local

14/11

Entrevista/Filmagem

15/11

Entrevistas

19/11

Plantio das Mudas

24/11

Data prevista para a construção das placas



PREVISÃO DE RECURSOS:

Para realizar este projeto será necessária a colaboração dos moradores da comunidade do IAPI, dos responsáveis pelos espaços freqüentados pelos mesmos, como, o Parque Alim Pedro e a área de lazer (residencial) das crianças, cedendo seus relatos, fotos e imagens. Também, a autorização dos pais torna-se relevante, para que seus filhos participem das entrevistas e filmagens das atividades.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. 6ª edição, São Paulo: Paz e Terra, 1983.

MINAYO, Maria C. de Souza. O Desafio do Conhecimento. São Paulo- Rio de Janeiro: Hucitec- Abrasco.
______________________et al. Pesquisa Social: teoria, método e criatividade – Petrópolis, RJ: Vozes,1994.






3 comentários


Prefeitura de Porto AlegreSMERS - Brasil

Secretaria Municipal de Esportes, Recreação e Lazer


Parque Alim Pedro
Endereço: Avenida dos Industriários, esquina com rua Arroio do Meio
Bairro IAPI – Fone: 3362-5923

O Parque Alim Pedro, construído na década de 40, foi projetado para ser um grande centro de lazer destinado aos mais variados esportes. Com 45.000m2, o Parque é parte integrante do projeto de Criação da Vila do IAPI.

O Parque possui campo de futebol, pista de caminhada, 2 quadras poliesportivas, 2 canchas de bocha, módulo administrativo, vestiários, sala multiuso e vasta área verde arborizada.

Os eventos tradicionais que acontecem todo ano no parque são o Criançando, o Jogando e Brincando no Parque, Festival Esportivo e Recreativo para PPDs, Copa Noroeste de futebol pré-mirim e Encontro de Ginástica.

Parque Alim Pedro é uma Unidade Esportiva e Recreativa da SME, e oferece as seguintes atividades de esporte e lazer para a comunidade da zona Noroeste da Cidade: escolinhas esportivas de futebol, vôlei, basquete, orientação para caminhadas, dança, ginástica, terceira idade, recreação e eventos comunitários.

FONTE:

http://www2.portoalegre.rs.gov.br/sme/default.php?reg=1&p_secao=165



ÚLTIMAS PROGRAMAÇÕES/ 2009


05 /11 XIIII - ENCONTRO DOS GRUPOS DE GINÁSTICA

21 /11 TORNEIO ABERTO DE VOLEIBOL - categoria: Master Fem.

28 /11 TORNEIO FUT. SETE - categoria: Livre

05 /12 (data reserva 12/12) JOGANDO E BRINCANDO NO PARQUE e

V ARTEVILA -Mostra de Artes da Vila do IAPI(respe. Ana)

12/12 TORNEIO DE VOLEIBOL DE DUPLAS - categoria: Livre

http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sme/images/indicador.gifDia das crianças continua no parque Alim Pedro com o Criançando
http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sme/images/indicador.gif
Parque Alim Pedro
http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sme/images/indicador.gif
Festival Olímpico e Paraolímpico foi atração no dia 16 de maio
http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sme/images/indicador.gif
Time mirim do Alim Pedro vence campeonato de futebol
http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sme/images/indicador.gif
Festa Jogando e Brincando e Artevila foi atração no Parque no dia 6
http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sme/images/indicador.gif
Time pré-mirim do Alim Pedro conquista o título municipal de sua categoria
http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sme/images/indicador.gif
Festival Alim Pandorga atraiu 400 pessosas ao parque do IAPI
http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sme/images/indicador.gif
Criançando agitará o Alim Pedro neste sábado
http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sme/images/indicador.gif
Festival Esportivo e Recreativo para Pessoas com Deficiência empolgou a comunidade
http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sme/images/indicador.gif
Escolinhas de futebol -2008 Parque Alim Pedro

FONTE:

http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sme/default.php?reg=20&p_secao=79#

0 comentários